NACIONAL VENCE MULEQUE TRAVESSO, E SEGUE NA BRIGA PELO G-4

05/03/2018 21:09
 
 
O tabu no clássico JuveNal continua. Passaram-se dez anos desde a última vitória do Juventus, que terá que esperar a próxima oportunidade para encerrar o jejum. Em duelo pela décima primeira rodada do Campeonato Paulista da Série A2, na manhã deste domingo, o Nacional levou a melhor mais uma vez, com uma vitória por 1 a 0, na Rua Javari.
 
 
Com o resultado, o Naça chega aos 17 pontos e segue na cola da zona de classificação, na quinta colocação. 
 
O Juventus não vence o clássico há dez anos. A última vitória foi por 1 a 0, na Rua Javari, pela Copa Paulista de 2008. De lá para cá, foram mais cinco clássicos, com três vitórias do Nacional e dois empates.
 
 
Em um primeiro tempo duro, o Juventus procurou mais o jogo e mostrou mais organização. Apesar da movimentação, não teve muitas chances claras, por mostrar dificuldades no último passe. A melhor chance foi nos primeiro minutos de jogo, quando João Vitor desperdiçou finalização dentro da área.
 
Depois dos primeiros momentos, o Nacional conseguiu equilibrar a partida e passou a frequentar mais o campo de ataque. Por fim, conseguiu abrir o placar aos 43 minutos, quando Bruno Nunes aproveitou falha da defesa juventina para entrar na área, driblar o goleiro, e mandara para a rede.
 
Logo no início do primeiro tempo, Jean Carlos foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti para o Juventus. O próprio Jean chamou a responsabilidade, mas bateu muito mal e chutou a bola para fora..
 
Depois da oportunidade clara perdida, o Moleque Travesso mostrou um pouco de nervosismo, mas logo se recompôs e continuou tentando o gol de empate. Esbarrou, no entanto, e um Nacional sólido na defesa e inteligente quando tinha a bola nos pés.
 
O Nacional recebe o Penapolense no Comendador Souza, às 15 horas, na Quarta feira ( 07/03/2018 ).
 
FICHA TÉCNICA
 
CA JUVENTUS 0 X 1 NACIONAL AC
Data: 04/03/2018
Horario: 10 hs
Estadio: Conde Rodolfo Crespi 
Cidade: Sao Paulo
 
CA JUVENTUS
André Dias;
Léo Cunha, Carlinhos, Sérgio Rafael e Rafael Bueno; Janderson (Cesinha), Nata, Rosinei e Joao Vitor (Weldon); Jean Carlos e Denner (Dieguinho).
Técnico: Alex Alves
 
NACIONAL AC
Maurício;
Thiago Cunha, Jeferson, Everton Dias e Caio Mendes. Everto Silva, Rodrigo Souza (Naldinho), Thiago Santos e Emerson Mi (Samuel Balbino); Bruno Nunes (Luís Henrique) e Bruno Xavier.
Técnico: Tuca Guimarães
 
Arbitro: Jose Claudio Rocha Filho
Arbitro Assistente 1: Mauro André de Freitas
Arbitro Assistente 2: Osvaldo Apipe de Medeiros Filho
Quarto Arbitro: Willer Fulgêncio Santo
 
Gol: Bruno Nunes aos 43 do !º Tempo
 
Cartoes Amarelos: Caio Mendes, Everton Dias, Jeferson e Luiz Henrique (NAC). Dener e Cesar (CAJ)
 
Renda: R$ 42.435,00
Publico: 2620
 
#Torcida Almanac
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!